Por que Jesus é tão misericordioso com os ímpios?

Eu sempre fiz esta pergunta: por que Deus é tão misericordioso com certas pessoas que flagrantemente me fizeram tanto mal?

Então li a carta de Timóteo em que Paulo disse: “a mim que anteriormente fui blasfemo, perseguidor e insolente; mas que alcancei misericórdia, porque o fiz com ignorância e na minha incredulidade; contudo, a graça de nosso Senhor transbordou sobre mim, com a fé e o amor que estão em Cristo Jesus”. Timóteo 1:12

O apóstolo se dizia “o maior dos pecadores” porque foi cúmplice da morte de Estêvão, um anjo do Senhor que veio à terra (Atos dos Apóstolos) e perseguia a igreja.

Em outro lugar, ainda no novo testamento, em Lucas 7:38, uma mulher cheia de pecados lavou os pés de Jesus com lágrimas e bálsamo, secando seus pés com os próprios cabelos.  Para explicar o que ela fez, Jesus contou esta parábola:

Certo credor tinha dois devedores; um lhe devia quinhentos denários, e outro cinquenta.  Não tendo eles com que pagar, perdoou a ambos. Qual deles, pois, o amará mais? Respondeu Simão: Suponho que é aquele a quem mais perdoou. Replicou-lhe Jesus: Julgaste bem.

Entendemos destas duas passagens que tanto Paulo quanto a mulher tinham muitos pecados e Jesus perdoou os dois.  Paulo teve tanto remorso quando entendeu o seu pecado que não conseguiu comer ou beber por 3 dias.  Então assim o é: quanto maior o perdão, maior é o amor.  A mulher da parábola não se conteve de emoção ao ver Jesus Cristo. Aos seus pés, reconhecendo o seu pecado, fez a maior demonstração de fé que poderia ter: apresentou-se na casa de um fariseu, não se importou com o julgamento que teria ao entrar em sua casa e se pôs aos pés de Jesus para experimentar de sua misericórdia.  Foram justamente as suas próprias lágrimas que a limparam porque a primeira coisa que Deus quer é o arrependimento.

Então, para aqueles que muito é perdoado, muito mais amor é conferido. Mais prisioneiro em Cristo essa pessoa é candidata a ser. Compreendi também que ninguém me fez mal algum, pois lembrei do Rei Davi.  Após matar Hurias Eteu e casar com sua esposa, cometendo pecado gravíssimo Davi rezou:

“Pequei somente contra ti, Senhor”.

O Rei Davi estava certo. Ele não pecou contra os homens, mas contra Deus. Assim não me canso de lembrar: ninguém pecou contra mim, mas contra meu Senhor. É a Ele que deve se desculpar.

Deus é o único julgador. Não temos como saber os motivos verdadeiros que levam as pessoas a cometer certos atos.

Jacó, quando enganou o pai e recebeu as bênçãos no lugar de Esaú (Antigo Testamento) não estava cometendo pecado algum.

Ele estava apenas obedecendo a Deus, que o designou digno de todas as bênçãos que recebeu.

Amém.

Related Posts

0 comments

Leave your reply

*" value="" aria-required='true' />
*" value="" aria-required='true' />